© 2017 por Vácuo Industrial

BOMBEAMENTO DE LÍQUIDOS - EDUTORES

São utilizados principalmente onde há disponibilidade de líquidos pressurizados que atuam como líquido motriz, como por exemplo em usinas hidrelétricas.

 

O bombeamento de líquidos agressivos ou sujos ou com muita entrada de ar ou gases também é campo de aplicação destes ejetores, em substituição de bombas mecânicas.

 

Como exemplo temos o bombeamento de suspensões de partículas de carvão ativo que seriam danificadas por bombas mecânicas, resíduos de tanques, etc. São auto-escorvantes, dispensando válvulas de pé na tubulação de sucção ou escorvamento.

 

Uma das aplicações é a drenagem de água das valas de contenção de tanques de armazenagem de produtos químicos, que por segurança, não podem possuir drenos abaixo da linha máxima da mureta de contenção. Podem ser acionados à distancia, bastando a abertura de uma válvula. Por não possuírem acionamentos elétricos, são usados em locais à prova de explosão.

 

O líquido motriz e o aspirado são descarregados misturados. Por esta razão e pela alta turbulência durante o bombeamento, são também utilizados como misturadores de 2 ou mais componentes. São construídos em qualquer material disponível, sendo o mais comum corpo em aço carbono com bico em inox, totalmente em inox, PVC, PP, PTFE etc.

Edutores fundidos para obter alta resistência à abrasão para transporte de carvão ativado + água. Foto do teste hidrostático.

Edutor para drenar nafta acumulada em tubulação. Acionado com nafta. Em refinaria.